Archive for março, 2011

Quem se importa?!

Author: susanadeoliveira

Estou aqui, aprendendo um pouco sobre o coração de Deus, o coração de um Deus que se importa. Seu amor é realmente constrangedor, intenso e grande demais. Qual será a minha resposta?

De diversas maneiras, antes da vinda de Cristo, Deus sinalizou ao seu povo aquilo que estava por vir. Mostrou sombras do que iria ser estabelecido em Cristo e através de Cristo. Vamos conversar sobre uma delas.

Antes de sua vinda, havia um homem, escolhido por Deus, que se apresentava diante dEle para representar o povo em questões relacionadas a Deus e para interceder pelo povo e pedir perdão pelos pecados. Ele precisava “ser capaz de se compadecer dos que não tem conhecimento e se desviam.” (Hebreus5.2) Esse homem era chamado sumo sacerdote. Esse homem era um intercessor. Ele só podia se apresentar diante de Deus no Santíssimo Lugar e apenas uma vez por ano obedecendo a um ritual de sacrifícios para perdão de pecados. Por que só um homem podia se apresentar a Deus em favor do povo? Porque ainda não havia sido manifestado o caminho. Tudo era apenas uma sombra do que haveria de vir.

O Senhor é a minha luz. Ao enviar seu filho perfeito, qual foi a atitude de Cristo? “Durante os seus dias na terra, Jesus ofereceu orações e súplicas, em alta voz e com lágrimas, àquele que o podia salvar da morte, sendo ouvido por causa da sua reverente submissão. (…) tornou-se fonte de salvação eterna para todos os que lhe obedecem, sendo designado por Deus sumo sacerdote.” (Hebreus5.7-10) Ele foi puro amor. Durante seus dias na terra, intercedeu por nós, se importou, chorou por mim e por você, fez tudo por amor a nós. E ainda mais, estabeleceu definitivamente o caminho até o Santíssimo Lugar, até o Santo dos Santos: seu perfeito sacrifício, o seu sangue derramado, nos purifica de todo o pecado, e então, com o coração sincero e com plena convicção de fé podemos nos aproximar de Deus! Temos plena confiança para entrar! Podemos nos aproximar de Deus!

  • 1ª chave. Com todo respeito aos nossa pais na fé, olha, precisamos avançar! O que Cristo fez te dá livre acesso a Deus! Cristo se tornou o seu intercessor! Você não precisa mais de “muletas”, você não depende mais de homens, você pode se aproximar de Deus com confiança e fé! Ele, Jesus Cristo, Ele próprio é o seu intercessor, o caminho até o Pai, o Deus Eterno! Receba essa graça. Apenas tenha fé em Jesus Cristo e procure se santificar para percorrer esse caminho até Deus.

E o mais extraordinário é que o seu amor não se resume a sua estada aqui na terra. “Ele entrou nos céus, para agora se apresentar diante de Deus em nosso favor.” (Hebreus9.24) Seu sacrifício foi perfeito, definitivo. Mas Ele continua  a interceder por nós. “Portanto, Ele é capaz de salvar definitivamente aqueles que, por meio dEle, aproximam-se de Deus, pois vive sempre para interceder por eles.” (Hebreus 7.25) Meu Deus, meu Deus… reflita nessa verdade: “vive sempre para interceder”… Ele está ligado em nós, intercede, ora, conversa com Deus a nosso respeito, se lembra de nós!

  • 2ª chave. O sumo sacerdote está posto, Jesus Cristo. Aquele que faz mediação entre Deus e os homens, o único sumo sacerdote designado por Deus para esta honra segundo a ordem de Mequisedeque. Perfeito e suficiente. Mas quem somos nós, igreja?! Senão, escolhidos de Deus, geração eleita, sacerdócio real?! “Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus.” (Filipenses 2.5) Percebe como o amor de Cristo foi manifestado em sua maneira de se importar conosco? Ele é o modelo perfeito para gente aprender a respeito da oração uns pelos outros, do amor uns pelos outros. Ele é o sumo sacerdote, mas nós somos os seus sacerdotes aqui na terra! O sacerdote é capaz de se compadecer… Se esta é a vida de Cristo, e Ele é amor, um termômetro do nosso amor pelos outros é a intercessão. A intercessão, a oração em favor do outro (e não em favor de mim mesma!) é um termômetro do amor.

Hipócrita!

Author: susanadeoliveira

“O hipócrita é implacável com os outros e condescendente consigo.” Hernandes Dias Lopes

A Lei

Author: susanadeoliveira

A verdade da Palavra de Deus é que não somos aceitos ou justificados mediante a observância da Lei, mas sim pela fé, por meio da graça e da redenção que há em Cristo Jesus. “(…)o homem é justificado pela fé, independente da obediência a Lei.” (Romanos3. 28) E graças a Deus por isso! Pois não “não há nenhum justo, nem um sequer, (…) não ninguém que faça o bem, nenhum sequer.” (vs.10-12) Não há ninguém tão perfeito assim! Por isso, recebemos essa graça de Deus, baseada no amor: justificação pela fé em Jesus Cristo, o amor encarnado. Por isso, pecamos a vontade e “anulamos então a Lei pela fé? De maneira nenhuma! Ao contrário, confirmamos a Lei.” (v.31)

Os Dez Mandamentos (Êxodo20.1-17)

Eu sou o Senhor, o teu Deus. Não terás outros deuses além de mim.

Não farás para ti nenhum ídolo, nenhuma imagem de qualquer coisa no céu, na terra, ou nas águas debaixo da terra. Não te prostrarás diante deles, nem lhes prestarás culto, porque eu, o Senhor, o teu Deus, sou Deus zeloso.

Não tomarás em vão o nome do Senhor, o teu Deus.

Lembra-te do dia do sábado, para santificá-lo.

Honra teu pai e a tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor, o teu Deus, te dá.

Não matarás.

Não adulterarás.

Não furtarás.

Não darás falso testemunho contra o teu próximo.

Não cobiçarás a casa do teu próximo. Não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem seus servos ou servas, nem seu boi ou jumento, nem coisa alguma que lhe pertença.

“é mediante a Lei que nos tornamos plenamente conscientes do pecado.” (Romanos3.20)

Mulherada, a gente chega lá!

Author: susanadeoliveira

Por que Eva? Por que a serpente escolheu Eva e não Adão?

Vamos tentar imaginar isto: Eva era soberana. (sei que as mulheres vão me entender! rsr…) Era linda, perfeita, era simplismente única! Adão não tinha olhos para outra, senão Eva. Além disso, o cenário não deixava a desejar. Eva estava cercada por um jardim maravilhoso, era o lugar mais colorido, riquíssimo. Ela tinha comunhão com Deus, com o homem da sua juventude e paz. Eva podia se deliciar de todos os frutos daquele paraíso. Todos, menos um. Deus havia dado ordens explícitas a respeito disso. Mas o que importava?! Ela tinha tudo e o próprio Deus zelava por eles.

“Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais selvagens que o Senhor Deus tinha feito (…).” (Gênesis3.1) O mais astuto… Será que foi por isso que procurou Eva e não Adão?! Acredito que nós mulheres precisamos entender um pouco melhor a nossa estrutura se queremos mesmo ter uma vida guiada por Deus e não pelos devaneios da nossa mente.

Por que a serpente foi expulsa do céu!? O que transformou anjos em demônios!? Senão o orgulho? Não bastava ser Lúcifer, o anjo de luz, o mais formoso e resplandecente dentre os anjos, ele quis ser igual a Deus. E, ao cair, levou muitos. A mesma semente que envenenou o anjo caído, era lançada pelo próprio agora sobre a mulher: a insatisfação. “A insatisfação é filha do orgulho.” (Hernandes D. Lopes, p.26) Insatisfação e dúvida seguidas de rebeldia.

Você conhece alguma mulher satisfeita? (pausa)

A insatisfação é uma semente do Diabo! E o pior é que parece encontrar um acalentador refúgio em nossa estrutura caída. Assim como Eva, podemos ter tudo (e em Cristo temos mesmo!!! IIPedro1.3), mas, porém, todavia, contudo…. por que sempre tem que existir um porém!? Eva era a mulher mais completa e feliz da face da terra, mas permitiu que a semente da insatisfação fosse plantada em seu coração e quis ser alguém que ela não era, quis assumir um papel que não era o seu! Quis ser Deus. Sua atitude de autonomia e independência causou a sua própria queda, foi o tropeço do homem que ela mais amava e uma herança de morte para toda a humanidade.

Que nós devemos fazer, mulherada? Sei que ainda vou aprender muito sobre este assunto, mas tenho algumas dicas. Quando Eva comeu daquele fruto proibido, “seus olhos foram abertos não para ver o seu triunfo, mas o seu fracasso.” (Hernandes D. Lopes, p.26) A serpente mentiu!, Eva não se tornou Deus, encontrou a morte em si mesma e percebeu que estava nua. Precisamos perceber a nossa nudez. Precisamos perceber o nosso fracasso e só então poderemos aprender o caminho da dependência de Deus. Peça a Deus agora mesmo que abra seus olhos.

Além disso, precisamos reconhecer a nossa natureza tendenciosa. Sugestões, dúvidas, as setas mais inflamadas virão sobre nós mesmo. Para somar às nossas próprias crises, lembre que a serpente continua mentindo. Transforme toda a insatisfação pessoal em inconformidade com este século! Não aceite a mentira, as fofocas, as intrigas, a ira, a murmuração, a indelicadeza, a avareza, o orgulho, as orgias, a prostituição, a injustiça, nem nenhuma outra podridão desse mundo! E esteja em dívida de amor e gratidão a Deus. Deus nos dá armas poderosas para lutar e permanecer inabaláveis! A verdade, a justiça, o amor, prontidão para levar o evangelho da paz, a fé, a paciência, a delicadeza, salvação em Cristo, a palavra de Deus, a oração, o domínio próprio e por aí vai… (Efésios6.10-20/Gálatas5.22)

Última consideração, e essa é para as casadas. Eva inverteu os papéis. Todos os dias Deus passeava pelo jardim e tinha comunhão com eles. Mas quando algo muito grave aconteceu, Deus se dirigiu a quem? Adão. Adão era o sacerdote, o resposável e Eva lhe devia respeito e honra, submissão. Quando a serpente quis trazer a ruína para aquele relacionamento procurou a quem em 1º lugar? Eva. Eva decidiu, agiu de acordo com o que lhe parecia mais agradável aos olhos e ainda por cima envolveu e influenciou Adão a agir da mesma maneira. E é exatamente isso que tenho mais visto por aí… mulheres obstinadas, que agem por conta própria e ainda inflamam seus maridos causando a ruína da sua casa. É, somos muito boas nesse quesito, a influência. Por isso, tornem-se filhas, não de Eva, mas de Sara! (IPedro3.6) Santifiquem a sua influência! Honrem seus maridos, submetam em sabedoria, pois a mulher sábia edifica a sua casa, e não tenham medo de nada.

Só uma completa renovação de nossa mente através da palavra e da oração pode nos conduzir a esse lugar tão alto. A gente chega lá.

Desejos

Author: susanadeoliveira

Temos tantos desejos. Não é à-toa que as pessoas cantam o parabéns ano após ano e fazem questão das velinhas para fazer o que? Desejos. Outros oram todos os dias antes de dormir! Mas no fundo o conteúdo de suas orações não passam de desejos. Os mais espirituais, mais compenetrados e disciplinados na Palavra e oração, se esforçam para ser corretos diante de Deus, para agir de uma maneira que agrade a Ele. Porém, ainda assim, muitas vezes temos dificuldade em discernir qual é a fonte dos nossos desejos!

Somos movidos por desejos. Isso é um fato. O importante aqui é conseguir identificar a fonte desses desejos! “Quem vive segundo a carne tem a mente voltada para o que a carne deseja; mas quem vive segundo o Espírito (de Deus) tem a mente voltada para o que o Espírito deseja.” (Romanos 8.5) Entende?! Podemos estar cheios de desejos, sonhos, vontades, planos, metas, propósitos, etc… Mas será que eles são fruto da carne? São fruto do meu egoísmo? Só servem para me colocar num lugar mais confortável e prazeroso? O texto continua dizendo que a mentalidade da carne conduz a morte e, ainda mais, diz que é impossível agradar a Deus vivendo dominado por desejos próprios. Não se engane, há muitos frequentadores de igreja ofendendo e desagradando a Deus, infelizmente. Existem muitas pessoas muito boas, que até querem, mas que não estão agradando, o orgulho as impede de perceber isto.

Mas e esse tal desejo do Espírito?! O texto diz que ele produz vida e paz. Só existe uma maneira de ser dominado pelo Espírito! Se Ele habitar em você, se você passar a pertencer a Cristo. Nem todos são filhos de Deus, é preciso nascer de novo… (João 1.12) Se Cristo está em você o corpo, a carne, os desejos naturais são mortos a cada dia e o Espírito produz vida e paz verdadeiras. Efésios 5.18 nos orienta assim: “Não se embriaguem com o vinho, mas deixem-se encher pelo Espírito.” Essa embriaguez aqui está diretamente relacionada com os desejos naturais, os desejos e o domínio da carne.

Sabe, o caminho que leva a vida continua estreito. É muito fácil caminhar de acordo com os nossos próprios desejos e ambições. Mas Deus rejeita esse coração obstinado. É impossível agradá-lo caminhando dessa maneira. Hoje é dia de avaliar as fontes. Faça como Davi e peça a Deus que abra seus olhos. Ninguém é tão bom assim, tão perfeito que não tenha do que se arrepender e voltar. Se perceber que a sua fonte de desejos é carnal, se desespere, ore, se humilhe diante de Deus, peça perdão, restauração, peça que Ele mostre o caminho e venha fazer casa em você!

“De onde vêm as guerras e contendas que há entre vocês?

Não vêm das paixões que guerreiam dentro de vocês?

Vocês cobiçam coisas, e não as têm; matam e invejam, mas não conseguem obter o que desejam.

Vocês vivem a lutar e a fazer guerras. Não têm, porque não pedem.

Quando pedem, não recebem, pois pedem por motivos errados, para gastar em seus prazeres.

Adúlteros, vocês não sabem que a amizade com o mundo é inimizade com Deus?

Quem quer ser amigo do mundo faz-se inimigo de Deus.

Ou vocês acham que é sem razão que a Escritura diz que o Espírito que ele fez habitar em nós tem fortes ciúmes?

Mas ele nos concede graça maior. Por isso diz a Escritura:

“Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes”.  (Tiago 4.1-6)


Somos os mesmos?

Author: susanadeoliveira

A situação não era nada boa. Foi preciso Deus passar uma longa e detalhada descrição do templo para Ezequiel para que ele ajudasse o povo a perceber o quanto eles estavam longe de Deus, o quanto suas atitudes eram rebeldes, obstinadas e repugnantes diante de Deus… Definitivamente o povo havia perdido o temor. Deus os chamou de nação obstinada e endurecida. E o mais incrível é que eram os seus, não eram estrangeiros, gentre estranha… mas estavam com os ouvidos tampados e o coração duro. Por isso, Deus manda que Ezequiel diga ao povo: “Esta é a lei do templo: toda a área ao redor, no topo do monte, será santíssima. Essa é a lei do templo.” (Ezequiel 43.12)

Vamos concordar que a situação não é nada boa hoje em dia. Talvez se Deus fizesse uma descrição bem detalhada do templo (você!) a gente começasse a perceber o quanto estamos longe de Deus, o quanto nossas atitudes são rebeldes, o quão obstinado é o nosso coração e quão repugnantes são as nossas atitudes egocêntricas. O mais triste é que não estou falando daqueles não o conheceram, não estamos falando de gente estrangeira, mas dos de casa. Ouvidos tampados e coração endurecido… Talvez, tenham perdido o temor… Não acredito que esse lei tenha mudado! “Esta é a lei do templo: toda a área ao redor, no topo do monte, será santíssima. Essa é a lei do templo.” (Ezequiel 43.12)

santo

adj. 1. Essencialmente puro, perfeito em tudo;

2. Que vive na Lei de Deus;

3. Bem-aventurado, sagrado;

4. Eficaz, que cura;

5. Santificado (dia);

6. Inocente, imaculado, inviolável;

7. Dedicado a Deus.

(segundo Dicionário Priberam da Língua Portuguesa)


Cheiro suave

Author: susanadeoliveira

Em tempos de carnaval, quem é que pode suportar essa mensagem? Alguém aí tem ouvidos capazes de ouvir?

“Quem vive segundo a carne tem a mente voltada para o que a carne deseja; mas quem, de acordo com o Espírito, tem a mente voltada para o que o Espírito deseja. A mentalidade da carne é morte, mas a mentalidade do Espírito é vida e paz; a mentalidade da carne é inimiga de Deus porque não se submete à lei de Deus, nem pode fazê-lo. Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus. Entretanto, vocês não estão sob o domínio da carne, mas do Espírito, se de fato o Espírito de Deus habita em vocês. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, não pertence a Cristo. Mas se Cristo está em vocês, o corpo está morto por causa do pecado, mas o espírito está vivo por causa da justiça.  E, se o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos habita em vocês,  aquele que ressuscitou a Cristo dentre os mortos também dará vida a seus corpos mortais, por meio do seu Espírito, que habita em vocês.  Portanto, irmãos, estamos em dívida, não para com a carne, para vivermos sujeitos a ela.” (Romanos 8.5-12)

Minha mente está voltada para o que o meu coração deseja? Ou para o que o Senhor deseja?

Por quem nós estamos nos deixando dominar? Pela carne? Pela opressão do inimigo? Provérbios17.22 diz q o espírito oprimido resseca até os ossos… mas o coração bem disposto é um remédio eficiente!

Quando Salomão terminou de construir o templo, cheio de temor no coração orou a Deus dizendo: ”Mas será possível que Deus habite na terra com os homens? Os céus, mesmo os mais altos céus, não podem conter-te. Muito menos este templo que construí! Ainda sim, atende a oração do teu servo e ao seu pedido de misericórdia (…)” E Ele atendeu!!! O Senhor é um Deus que ouve orações! v.12-16 Ele escolhe o lugar onde vai habitar. Escolheu aquele templo antigamente, e a sua glória foi manifesta!, mas hoje Ele escolheu a mim e a você! Estamos em dívida! Dívida de amor, dívida de santidade, dívida de submissão, estamos em dívida…

Ouvi sua oração, e escolhi este lugar para mim, como um templo para sacrifícios. Se eu fechar o céu para que não chova ou mandar que os gafanhotos devorem o país ou sobre o meu povo enviar uma praga, se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra. De hoje em diante os meus olhos estarão abertos e os meus ouvidos atentos às orações feitas neste lugar. Escolhi e consagrei este templo para que o meu nome esteja nele para sempre. Meus olhos e meu coração nele sempre estarão.” (2Crônicas7.12-16)

Oro pra que Deus me ensine a ter um coração bem disposto. Que eu seja capaz de ouvir e corresponder aos desejos do Espírito. E que nesse altar que estamos edificando não faltem sacrifícios agradáveis, quer dizer, adoração verdadeira, entrega, morte da nossa carne. O cheiro suave que subia era cheiro de churrasco mesmo… e continua sendo.