Archive for junho, 2012

Erga a sua voz!

Author: susanadeoliveira

“Erga a voz em favor dos que não podem defender-se, seja o defensor de todos os desamparados. (…) defenda o direito dos pobres e dos necessitados.” Provérbios 31.8-9

Falamos muito sobre o amor. E, sinceramente, tenho certeza que a maioria de nós gostaria de vivê-lo de uma maneira mais efetiva e prática. É fácil amar quem nos ama. Mas é um desafio para cada um de nós olhar para o outro, para o rosto desconhecido, para a luta dos anônimos, ouvir o choro dos esquecidos, marginalizados, desamparados, sentir compaixão de verdade pelo pobre e necessitado, sentir a dor do doente, parar para se doar um pouquinho por um idoso, dar um auxílio para um órfão ou para uma viúva.

Talvez você me pergunte: Susana, eu gostaria de me levantar em favor deles, mas como?  Bom, tenho algumas dicas!

Seja simples e prático. Quem é você?! Quais são as suas habilidades e aptidões? Qual é a sua formação? Onde você mora? Quem são seus vizinhos? Quem está perto de você? Como é a sua família e quais são as suas necessidades especiais? O problema é que queremos ser vistos. Queremos fazer algo que sejamos notados, algo que tenha visibilidade ou grande repercussão. Bobagem! Faça aquilo que Deus coloca em suas mãos para fazer! Use a riqueza que há em você, seus dons e habilidades, seu conhecimento adquirido e doe-se! Olhe para quem está em seu alcance! Olhe para aqueles que estão perto de você. Perceba o tamanho do SEU abraço e doe-se! Que esse seja o seu grito!

2ª dica: por que não se envolver com grupos que já estão atuando? Existem muitas iniciativas, ongs, grupos de ação social em igrejas, favelas, zonas de risco, prostituição, hospitais, prisões, abrigo de crianças, idosos, gente desenvolvendo as mais variadas atividades por amor, por misericórdia! Por que não se envolver? Por que querer começar tudo do zero sempre? Por que não contribuir? Talvez você pense que não sabe fazer nada, mas se tiver ouvidos e disposição para ouvir pode ser muito útil num asilo, por exemplo! Somos indesculpáveis!

3ª dica: não doe apenas, ensine e treine as pessoas também. Se você apenas der algo, seja ele recurso, comida, coisas materiais, tratamento médico, dentário, uma consultoria qualquer, uma música, um teatro, uma palavra ou oração, enfim, sempre que der algo também ensine, capacite, treine as pessoas. Se você leva junto o conhecimento a sua doação não vai morrer, ela vai continuar fazendo a diferença. Se você apenas doar, suas ações serão pontuais, sem muita chance de desdobramentos, podendo até gerar algum tipo de dependência.

E finalmente, tenha em mente que é melhor dar que receber! Esta é uma verdade bíblica maravilhosa. A maior satisfação é de quem dá. Nada se compara! Não faça por elogios, reputação, vitrine, necessidade de ser aceito, por se achar muito bom, nem por nenhuma outra motivação a não ser o amor. Em Cristo você encontra uma fonte inesgotável de amor! Nele, nunca vai faltar combustível! E então com um coração correto, vai perceber que nada se compara a satisfação daquele que se doa. Levante-se, erga o seu olhar e veja! Veja ao seu redor. Suas atitudes falarão muito mais alto que o som do seu discurso.

Não se engane!

Author: susanadeoliveira

Quando ouvir alguém anunciar o “evangelho”, tenha sempre um filtro nos ouvidos: o amor. O verdadeiro evangelho se resume no amor. Então, se não passar nesse crivo, DUVIDE!!! Por favor.

Qualquer um pode usar um texto isolado das escrituras para defender suas próprias teorias. Pois saiba que toda a Bíblia, de acordo com o ensino de Jesus, se resume em dois mandamentos! Veja:

“Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?
Respondeu Jesus: ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’.
Este é o primeiro e maior mandamento.
E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’.”

Mateus 22:36-39

E o mais sublime e elevado modelo de amor nos ajuda a compreender que o verdadeiro amor fala de doação, serviço, entrega, abrir mão, alto preço. Me dê uma palavra para definir o contrário de amor?! Normalmente pensamos em ódio, não é?! Mas as palavras mais apropriadas talvez sejam egoísmo, ou, orgulho.

Sinceramente, posso dizer que o evangelho de Cristo, a boa notícia do céu em nosso coração, é simples na essência e me toca de maneira integral: mente, corpo e espírito.

Mente. É claro que a fé desafia nossa razão. Muitas vezes, a fé ofende a razão da gente mesmo. Quer um exemplo melhor que o perdão? O ensino do perdão é puro amor, e o perdão ofende nossa razão. Mas com o auxílio do Espírito Santo, eu clamo, eu decido, eu permito que a minha mente seja transformada e renovada, e a minha razão vai sendo submetida a razão de Cristo, a mente de Cristo. E esta mentalidade, a mentalidade do amor é vida e paz (Romanos 8.6).

O corpo? Assim como o atleta faz, cada um precisa disciplinar seu corpo. O corpo é burro, precisa ser disciplinado. Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus (Romanos 8:8). Percebe como Deus não quer arrancar a nossa mente e sim santificá-la?! Moldá-la à maneira de Cristo?

Não se engane! Os falsos profetas estão aos montes, é tão assustador quanto previsível. Evangelho egoísta, evangelho orgulhoso, evangelho show, evangelho comercial, evangelho fácil, evangelho masoquista… ah não, muito obrigada, eu fico com o verdadeiro evangelho, o amor encarnado. Por Ele eu luto, me converto a cada dia, me arrependo, me renovo, me levanto, me dedico, dele eu me alimento e dependo.

“e numerosos falsos profetas surgirão e enganarão a muitos.
Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará,
mas aquele que perseverar até o fim será salvo.”

Mateus 24:11-13

Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração. Nada, em toda a criação, está oculto aos olhos de Deus. Tudo está descoberto e exposto diante dos olhos daquele a quem havemos de prestar contas.

Hebreus 4:12-13

Boa pergunta:

Author: susanadeoliveira

O que mais eu posso fazer por você?