Archive for julho, 2012

Impossível… naturalmente

Author: susanadeoliveira

“Mas eu digo a vocês que estão me ouvindo: Amem os seus inimigos, façam o bem aos que os odeiam, abençoem os que os amaldiçoam, orem por aqueles que os maltratam.

Se alguém lhe bater numa face, ofereça-lhe também a outra. Se alguém lhe tirar a capa, não o impeça de tirar-lhe a túnica.

Dê a todo o que lhe pedir, e se alguém tirar o que pertence a você, não lhe exija que o devolva.

Como vocês querem que os outros lhes façam, façam também vocês a eles.

“Que mérito vocês terão, se amarem aos que os amam? Até os ‘pecadores’ amam aos que os amam. E que mérito terão, se fizerem o bem àqueles que são bons para com vocês? Até os ‘pecadores’ agem assim. E que mérito terão, se emprestarem a pessoas de quem esperam devolução? Até os ‘pecadores’ emprestam a ‘pecadores’, esperando receber devolução integral.

Amem, porém, os seus inimigos, façam-lhes o bem e emprestem a eles, sem esperar receber nada de volta. Então, a recompensa que terão será grande e vocês serão filhos do Altíssimo, porque ele é bondoso para com os ingratos e maus.

Lucas 6:27-35 (ensino de Jesus)

É impossível viver dessa maneira naturalmente! Só nos resta uma oração: Pai, muda o meu coração e me faz conforme a imagem de Cristo! Muda o meu olhar. Troca a minha ira e indignação por amor. Muda o meu senso de justiça própria pela tua justiça, que é graça e misericórdia. Põe temor no meu coração e não deixa que eu me esqueça que com as mesmas medidas que eu medir também serei medida. E que, assim como tenho perdoado serei também perdoada. Faz o impossível ser possível dentro de mim. Amém.

De volta pra casa

Author: susanadeoliveira

No fundo, todos nós temos saudades de casa. Todos nós sentimos um desconforto, um certo deslocamento. Saudades de casa. Há sempre uma busca por voltar as raízes, retomar as origens.

“Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam.
Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome (Jesus), deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus,
os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus.”
João 1:11-13

Cristo veio para restaurar em nós o que antes fora destruído! Veio para que nós pudéssemos nos reconciliar com o Pai e, consequentemente, voltar para casa. Em Cristo temos as nossa raízes restauradas. Finalmente temos aquele sentimento de pertencência consolidado e inabalável. É através dele que encontramos a nossa verdadeira pátria e o nosso coração peregrino pode botar os pés na estrada certa, direto para casa.

“Alguém lhe disse: “Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e querem falar contigo”.
“Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos? “, perguntou ele.
E, estendendo a mão para os discípulos, disse: “Aqui estão minha mãe e meus irmãos!
Pois quem faz a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.
Mateus 12:47-50

“Quem tem os meus mandamentos e lhes obedece, esse é o que me ama. Aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me revelarei a ele”.
João 14:21

Coração peregrino, ponha os pés na estrada! Na casa do Pai existem banquetes, risos, paz, alegria, contentamento e satisfação, toda a provisão, remédios, carinhos, não falta amor. Tudo o que temos hoje em Cristo é apenas sombra do que está por vir. Então ponha os pés nesse caminho e não se engane. Que fé é essa que não produz evidências?! Os de casa sabem muito bem, o caminho se chama amor.

Renovo

Author: susanadeoliveira

“Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno.”
2 Coríntios 4:18